10 tipo de amigos irritantes no Facebook

Não, São Paulo não liberou o Uber
09/10/2015
A crise bateu na porta? Não deixe ela entrar!
16/10/2015

Com quase 1,5 bilhão de usuários, o Facebook é um terreno fértil para encontrar pessoas de todos os tipos. Quando dizemos que “todo mundo está no Facebook”, isso inclui uma série de pessoas incríveis, divertidas, inteligentes, mas também inclui o lado negro da força (no pior sentido possível).

O perfil do Facebook pode dizer muito sobre a personalidade de alguém e é possível distinguir alguns tipos de usuários por características específicas e padrões repetidos, muitas vezes acompanhados de atitudes nonsense na rede social.

Listamos 10 tipos de amigos do Facebook que todos nós temos e que, provavelmente, já pensamos em nos livrar em algum momento da nossa vida virtual. Eles são potencialmente irritantes e muitas vezes nocivos.

1. Carente

Existe um tipo de usuário no Facebook que mantém um padrão esquisito em suas atualizações de status: mensagens preocupantes e misteriosas, mas sem uma explicação de qual é o real problema – independente de quantas vezes as pessoas perguntem. “Não posso mesmo confiar em ninguém”, ou então “Espero que isso passe logo. #triste”.

Não demora muito até que apareça algum amigo preocupado (ou apenas curioso) perguntando o que houve, no entanto o usuário carente simplesmente fica sentando lendo todos os comentários e aproveitando a atenção que tanto queria para alimentar seu enorme buraco negro de emoções. O mesmo vale para aqueles que adoram uma contagem regressiva misteriosa que, mesmo sendo postada durante várias semanas consecutivas, não recebe uma mísera resposta sobre o seu significado.

111549.186001-Selfie-Darth-Vader

Apesar deste comportamento ser relativamente comum entre alguns usuários de redes sociais que tentam usar a curiosidade e a preocupação dos outros para chamar atenção para si, é importante saber diferenciar estas atitudes de postagens realmente suspeitas, que podem significar um pedido de ajuda em casos de tendências suicidas, por exemplo. Neste caso, é sempre bom relembrar que o Facebook trabalha ativamente na prevenção ao suicídio desde 2011 para tentar ajudar usuários com problemas.

2. Extremamente participativo

O termo oversharing é usado para caracterizar os usuários que compartilham demais nas redes sociais. Este tipo acredita que as pessoas realmente querem saber todos os detalhes íntimos da sua vida, incluindo cada lugar que ela vai ou todos os seus sentimentos em relação a todas as coisas e acontecimentos.

Ele tem o monopólio do seu feed de notícias, pois gasta horas do dia compartilhando, comentando e curtindo tudo. Um recado para estes usuários: nós também queremos ver postagens de outros amigos, mas graças ao participante impulsivo, nem sempre isto é possível.

É difícil estipular um “limite de interação” no Facebook, mas a melhor dica ainda é manter o bom senso e pensar antes de agir.

111551.186003-Oversharing

3. Amantes de tragédias

Quem nunca teve a infelicidade de abrir seu feed de notícias do Facebook e se deparar com fotos ou vídeos de acidentes, pessoas e animais machucados ou até mesmo mortos, não sabe a tristeza que é ter um amigo virtual sem noção.

Mesmo que muitas vezes a intenção seja denunciar algo ruim, eles esquecem que as imagens provocam mal-estar e que serão exibidas sem autorização prévia na página alheia. Existem formas menos agressivas de chamar atenção para uma boa causa.

Também é preciso alertá-los sobre a existência de mensagens falsas e difamatórias que circulam pela web e podem prejudicar a vida de muitas pessoas. Um exemplo disto é o caso da dona de casa de 33 anos que foi linchada no município de Guarujá, em São Paulo, após ser confundida com uma suposta sequestradora de crianças cuja imagem foi disseminada nas redes sociais.

4. Obsessão fitness

Tudo em excesso é ruim. Manter hábitos de vida saudáveis é algo extremamente importante e compartilhar dicas legais sobre como fazer isso pode ser bem interessante. Mas é realmente necessário postar um #partiuacademia #focoforçaefé #ficargrandepo**@ TODA vez que vai malhar?

Fotos de shakes, marmitas de filé de frango e batata doce também não costumam causar grande impacto em quem está do outro lado da tela. Se você não for uma Gabriela Pugliesi da vida, que ganha dinheiro para fazer isso, realmente não te entendemos, amigo.

111553.186007-Fitness

5. Editor de notícias falsas

O editor de notícias falsas é aquele amigo que age de boa-fé, pois acredita em praticamente tudo o que lê na web: fantasmas, rumores políticos, o fim do mundo, a larva no feijão e assim por diante.

Basta que ele se depare com uma manchete chocante para que correr até o Facebook e compartilhar a informação na rede social. Nestes casos, é sempre válido dar um toque para o amigo que publica fotos de unicórnios encontrados em Varginha, afinal ele não faz isso com má intenção.

6. Relações-públicas

Se você não tem um plano para o fim de semana, não se preocupe, o amigo RP está lá para te sugerir uma série de eventos interessantes (ou não). Apesar das dicas gratuitas, você paga um preço pelas informações: excesso de notificações diárias.

Muitas vezes nós sequer conhecemos estas pessoas, mas elas estão sempre a postos para enviar um convite para o próximo Carnafacul, mesmo que você seja fã de heavy metal. Este tipo inclui aqueles que fazem marcações em imagens aleatórias de divulgação de eventos.

A única coisa que sabemos é que essas notificações são irritantes e que podemos encontrar um programa interessante para o próximo fim de semana sem a sua ajuda, caro desconhecido.

111557.186011-Notificacoes

7. #ViciadoEmHashtags

Hashtag é um composto de palavras-chave, ou de uma única palavra, que é precedido pelo símbolo #. Usar este símbolo na frente de uma palavra ou frase transforma o termo num link clicável. Ao clicar nesse link, você verá um feed de mensagens que incluem essa mesma hashtag. O recurso é um ótimo filtro de informações que realmente interessam ao usuário.

Depois desta pequena lição, fica mais fácil explicar que escrever cinco linhas de texto usando hashtags sem fundamento em todas as palavras não vai servir para nada, a não ser confundir os leitores.

111547.185999-Hashtag

8. Haters

Normalmente, os haters não marcam diretamente as pessoas para quem estão direcionando seus comentários odiosos. “Você acha que é melhor do que eu? Você é um perdedor!”. A conta deste tipo de usuário no Facebook é apenas uma vitrine onde elas despejam todo o seu ódio e inveja.

Eles sempre têm algo para reclamar, mas raramente especificam o nome da vítima ou do problema; eles usam o suspense para atrair mais comentários e curtidas, se tornando assim um subgrupo dos usuários carentes.

111559.186013-Haters-gonna-hate

9. Jogador compulsivo

Felizmente, este tipo de usuário parece estar entrando em extinção, mas ainda existem algumas espécies à solta no Facebook. A coisa não está mais tão feia quanto na época em que o Farmville reinava na rede social de Mark Zuckerberg, mas ainda existem aqueles que dedicam boa parte do seu tempo para estas atividades.

Sua principal característica é querer ganhar pontos extras nos games do Facebook, e para isso não param de enviar convites para que seus amigos também conheçam este maravilhoso mundo. O problema é que isto gera notificações infindáveis no seu perfil, algo que pode ser extremamente irritante.

10. Alienados

Os usuários alienados não têm interesse em ouvir opiniões alheias, o que impossibilita uma conversa. Este tipo de usuário se preocupa apenas com o que lhe interessa e, devido a sua falta de consciência da realidade, não há argumentos que possam convencê-lo de que existem opiniões adversas.

Os alienados costumam fazer piadas infames sobre pobreza, morte, orientação sexual, entre outras coisas. Além disso, a repetição de discursos de terceiros desacompanhado da falta de argumentos para defendê-los quando necessário é outra característica marcante.

Este tipo de usuário do Facebook deve ser evitado, uma vez que não acrescenta nada de bom na vida dos demais que possuem ideias diferentes das suas, afinal eles não conseguem ter conversas produtivas ou promover debates saudáveis.

111561.186015-Alienado

Apesar do destaque para estes tipos de amigos que podem ser levemente (ou altamente) irritantes, somos a favor de sempre respeitar as pessoas. Se você se sente muito incomodado com a atitude de um amigo na rede social, o ideal é tentar avisá-lo sobre isso, mas se nada der certo e você não quiser parecer deselegante ao exclui-lo, basta bloquear suas atualizações para que elas deixem de aparecer no seu feed de notícias. Esta é uma ótima maneira de evitar aborrecimentos.

No entanto, se você acha que se encaixa em alguns itens citados neste artigo, talvez seja hora de repensar suas atitudes no mundo virtual, pois sua lista de amigos pode estar em risco.

Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/facebook/10-tipos-de-amigos-irritantes-no-facebook-50717/#ixzz3oeggWXfu
O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.