Pratique seu networking!

Os 7 Pecados Capitais em sua carreira
25/10/2016
Conheça as 10 principais tendências tecnológicas estratégicas para 2017, apresentadas pelo GARTNER
28/10/2016

Pratique seu networking!

[Texto publicado no meu PULSE] Networking é uma palavra em inglês que indica a capacidade de estabelecer uma rede de contatos ou uma conexão com algo ou com alguém.

Mas você sabe o que é (e pratica) o networking? Afirmar que networking é uma coisa importante para sua carreira é clichê. Mas você sabe exatamente o que quer dizer “construir um sólido networking”?

Ter centenas de amigos no Facebook ou inúmeras conexões no LinkedIn não quer dizer com certeza que você tem um sólido networking.

Somente o número de conexões não vai garantir todas as vantagens que um sólido networking pode lhe oferecer. Explico: networking de verdade é uma rede de contatos que pode lhe proporcionar e agregar valor, que pode ir desde a troca de valiosas informações e até a ajuda no caso de uma recolocação profissional.

  Mas a maioria das pessoas pensam somente na última hipótese.

Segundo administrador de empresas e palestrante Max Gehringernetworking é “uma questão de paciência e não urgência”, ou seja, não é apropriado conhecer uma pessoa e imediatamente entregar o seu currículo.

Para ter uma rede com esta abrangência não basta adicionar pessoas no LinkedIn ou no Facebook. Você deve cultivar periodicamente ações de solidificação na sua rede de contatos. Deve existir um sentido de reciprocidade, o benefício deve ser mútuo, porque mesmo que uma pessoa seja mais experiente, ela sempre pode aprender alguma coisa com outra.

 E estas ações resumem-se em uma ÚNICA palavra: TROCA. Isto mesmo!  Networking é E SEMPRE FOI uma troca.

Se você quer extrair valor da sua rede de networking precisa também oferecer valor a esta rede de contatos.

Networking é uma ação contínua que deve ser feita sempre, não somente nos momentos difíceis da sua carreira, que são aqueles em que você vai resgatar um pouco do valor dedicado em sua rede de relacionamentos, ou melhor, quando está procurando recolocação.

Quando uma empresa precisa contratar alguém, frequentemente aborda os seus funcionários e pergunta se conhecem alguém na sua rede de contatos que possa desempenhar uma determinada função. Quanto melhor for a capacidade de networking de uma pessoa, maior é a sua probabilidade de ser indicada para um cargo quando surge a oportunidade. Claro que recomendações no LinkedIn ajudam, e muito. Sempre que algum contato solicitar (e merecer, claro), faça, não tenha preguiça. Isso ajuda muito na avaliação desta pessoa, e pode ser decisivo na contratação para uma determinada vaga.

networking ganha cada vez mais importância no contexto atual do mercado de trabalho, onde é fácil encontrar pessoas com formação universitária. A crise que atravessamos também intensifica este contexto.

Ter um bom currículo ou bastante experiência em uma determinada área é muito importante, mas muitas vezes isso não é suficiente para conseguir um emprego.

É claro que as redes sociais são ferramentas que facilitam e muito as ações de networking, mas não as use somente para isso, elas são coadjuvantes de uma ação que tem o elemento humano como fator essencial. Não automatize as coisas!

Então, um pouco de bom senso e vontade de trocar experiências farão de você um especialista em networking. Mãos à obra!

Rodrigo Luis Afonso
Rodrigo Luis Afonso
Já fui de tudo um pouco, mas atualmente prefiro ser apenas eu mesmo.

Deixe seu comentário abaixo: